Páginas

quarta-feira, 28 de março de 2012

Dicas de uma alimentação balanceada

















Olá meninas, hoje irei passar algumas dicas de ter uma alimentação balanceada, pois é extremamente importante e essencial para termos saúde e qualidade de vida. Basicamente, para ser considerada balanceada, a alimentação deve conter alimentos de diversos tipos, tais como: cereais, massas, leite, feijão, saladas, sopas, queijos, carnes, queijos e entre outros.

Recentemente procurei uma nutricionista e expliquei para ela que gostaria de ganhar peso. No mesmo dia fiz uma avaliação e estava pesando 44,8kg e minha altura é de 1,55m. Fazendo o cálculo do IMC (Índice de Massa Corpórea), ela disse que para estar "bem" precisaria pesar 47kg, ou seja, teria que engordar 2,2kg. Ela me receitou um suplemento alimentar encontrado em farmácias e supermercados, se chama "Ensure em pó". Comecei a tomar no outro dia e gostei muito, ele tem diversos sabores, como: chocolate, morango, baunilha e banana.
Bem,  saindo do consultório achei quase um absurdo ganhar 2,2kg, mas mesmo assim segui toda a dieta que ela me passou. Na semana seguinte, decidi enfrentar a balança, e eu havia ganhado 1,2kg. Fiquei sem acreditar, rsss... FELIZ DA VIDA. Continuei seguindo a dieta da nutricionista e semana passada consegui meu objetivo! \o/   Uhuuu!
Cheguei nos 47kg! Quero falar pra vocês... serve para quem quer engordar ou emagrecer, é possível ter qualidade de vida seguindo algumas dicas. Mas o seguinte, não existe um padrão de dieta que atenda, ao mesmo tempo, a todas as necessidades de todas as pessoas, pois essas necessidades variam de acordo com a faixa etária, condições gerais, situação geográgica, clima, etc. Por isso eu listo aqui abaixo dicas para ter uma alimentação balanceada e saudável.


- Aumentar o consumo de cereais e massas que não contenham muita gordura (mal colesterol- LDL) em seu preparo (exemplo: pão francês, macarrão cozido, derivados do milho, arroz etc). Massas com molhos gordurosos e queijos amarelos não devem ser ingeridas com freqüência, mesmo por pessoas magras, pois podem aumentar o nível de colesterol do sangue;

- Enriquecer o leite com produtos como farinha láctea, farinha de milho ou arroz, mistura de cereais etc. O preparo de mingaus ou vitaminas com aveia, gérmen de trigo etc, são uma boa opção para quem quer ganhar peso;

- Procurar não utilizar produtos que contenham muita fibra, como granola, farelo de trigo ou arroz, pão integral etc, pois as fibras dão uma sensação prolongada de saciedade (sensação de "estômago cheio"), o que diminui a fome e faz com que a pessoa fique satisfeita com uma menor quantidade de alimentos. Esses produtos são mais indicados para a perda de peso;

- Utilizar grãos em abundância (ervilha, feijão, grão de bico, soja, milho verde etc) em saladas, cremes, sopas etc. Esses produtos aumentam o teor protéico da alimentação e podem ser preparados das mais diferentes formas em várias refeições;

- Aumentar o consumo de alimentos protéicos de origem animal (queijos, leite, carnes, peixes etc), mas tendo cuidado com o excesso de gordura ingerida. Preferir as carnes e os queijos com menor teor de gordura (LDL), não sendo necessário, porém, o uso de desnatados;

- Utilizar azeite no tempero das saladas é uma forma de consumir um pouco mais de gordura (bom colesterol- HDL) sem grandes riscos para a saúde; ainda nesse caso, exageros devem ser evitados;

- Fazer sempre duas refeições de sal (almoço e jantar), evitando lanchinhos em horários de refeição;

- Balas, alguns tipos de doces e refrigerantes podem dar uma falsa sensação de estômago cheio, reduzindo o apetite para as refeições seguintes;

- Fazer de 5 a 6 refeições ao dia, intercalando três pequenos lanches com as refeições de sal. As refeições podem ser pequenas, não precisando de grande quantidade de alimentos, mas devem ser condensadas, ou seja, composta por alimentos variados, de boa qualidade, e enriquecidos com produtos como laticínios, grãos, farinhas etc;

- Ganhar peso sem aumentar o teor de gordura (LDL) do corpo é o ideal, e nem sempre os resultados são satisfatórios em curto espaço de tempo. Pessoas muito magras devem se lembrar que haverá alterações naturais na composição do seu corpo em função do avanço da idade, podendo levar a um ganho de peso gradativo. É preciso ter perseverança no cuidado com a saúde, procurando atividade física orientada e mantendo uma boa alimentação diária.

Lembre-se: As maiores tentações pertencem a este grupo: bolos, tortas, chocolate, sorvete, açúcar, mel, balas, enfim, doces em geral. O açúcar também é fonte de energia, mas seu consumo deve ser moderado, pois o seu consumo excessivo está relacionado com o aumento de risco de obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis, como o diabetes.

O ideal é que cada uma de vocês procure um nutricionista e busque a tão desejada "qualidade de vida".

Gostaram das dicas? E vocês pretendem engordar ou emagrecer? Super Beijo !!!



Ana Paula
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário